Produtos: Analisadores de Dióxido de Cloro

Saiba mais sobre Analisadores de Dióxido de Cloros

Analisadores de Dióxido de Cloro

Os sensores de dióxido de cloro da DioSense, disponibilizam medições em ppm ou mg/l e as células de fluxo estão disponíveis com vários controladores de dióxido de cloro oferecendo a mesma elevada perfomance com diferentes opções de comunicação, display e controlo. Com a gama DioSense de analisadores de cloro residual, você obtém tudo o que precisa – e nada que não lhe faça falta. O Medidor de Dióxido de Cloro Residual DioSense é usado em muitas aplicações que requerem a medição da concentração de dióxido de cloro simplesmente para a monitorização do mesmo ou controlo da dosagem de dióxido de cloro residual.

Custos de Propriedade

O analisador de dióxido de cloro da Pi foi projetado para necessitar de reduzida manutenção, calibração e peças sobresselentes. Os analisadores de ClO2 DioSense são inquestionavelmente os analisadores de ClO2 mais económicos disponíveis atualmente. De acordo com a Diretiva da EU 98/83/EC, os operadores de sistemas de distribuição de água devem garantir que os níveis de clorito nocivo (ClO2–) em água potável se mantêm abaixo do limite especificado de 0.2 mg/l. A monitorização de Clorito simultaneamente ao Dióxido de Cloro é também um requisito Europeu. A Pi fornece ambos os sensores ClO2 e ClO2– que podem ser controlados num único analisador. Na maioria das situações, o analisador ClO2 deve ser capaz de controlar a dosagem de ClO2 ajustando as taxas de fluxo, taxa de bombeamento ou posição das válvulas automaticamente para manter o valor de dióxido de cloro residual ajustado. A dosagem automática pode reduzir significativamente o custo dos reagentes e aumentar o controlo dos níveis de clorito nocivos. Os analisadores de Dióxido de Cloro são normalmente usados para medir o ClO2 residual em aplicações difíceis ou ‘sujas’ tais como hospitais ou a indústria alimentar. Nestes casos, para manter um Dióxido de Cloro residual apropriado, é necessário higienizar o sensor, utilizando o Autoflush.

Princípio de Funcionamento

O sensor de dióxido de cloro amperométrico de membrana é um sensor de dois elétrodos que funciona a um potencial aplicado elevado o que resulta em desvios zero. O seu design único significa que não são necessários reagentes ou soluções tampão e a calibração é uma operação por apenas um ponto (sem ser necessário o ‘zero’). Para além do sensor de dióxido de cloro amperométrico de última geração, a gama DioSense de controladores tem todas as funcionalidade de que precisa. Escolha o controlador CRONOS® ou CRIUS® para obter o medidor de alta qualidade de dióxido de cloro, com todas as funcionalidades de que você precisa, ao preço mais baixo possível. Isto significa que você paga pelo que precisa e por nada que não lhe faça falta, sem prejudicar a qualidade da medição. O DioSense NM é um sensor de três eletrodos não-membranados que não requer tampão ou reagente. Escolher o sensor que é melhor para você é sempre complicado, mas um bom lugar para começar é com o dispositivo membrana DioSense M e, em seguida, vá para o sensor NM (não membranado) se você precisar executar o sensor a temperaturas elevadas (até 70°C). O DioSense é utilizado em muitas aplicações desde o tratamento de água hospitalar até à lavagem de frango, frequentemente como parte de um regime de controlo de dosagem de dióxido de cloro. Entre outras características, existe a possibilidade de acesso remoto através de uma rede móvel e um controlo de dosagem total de ClO2.